CORAL SANTO CONDESTÁVEL – CONCERTO DO 80º. ANIVERSÁRIO

Integrado no programa comemorativo do 80º. Aniversário do Grupo Nun’Álvares, o Coral Santo Condestável realizou, em 10 de novembro, no Teatro Cinema de Fafe, um concerto que contou, na primeira parte, com a participação do Orfeão Da Associação Cultural de Recardães (Águeda) que teve meritória atuação.

Num segundo momento atuaram “Jovens Músicos”, com duas participações distintas. Primeiramente contou com a participação de Verónica Costa, piano, Beatriz Silva, trompete, Catarina Martins, violino e Margarida Martins, oboé e canto.

Foi um excelente momento musical, merecendo saliência pelo impacto causado a interpretação de “Panis Angélicus, de César Frank, dedicado à memória de Artur Martins, coralista recentemente falecido, interpretado por suas netas Catarina e Margarida Martins com a colaboração de Verónica Costa.

No segundo momento de “Jovens Músicos” assistiu-se à apresentação de quatro belos números interpretados à guitarra pelos alunos da Classe de Guitarra do prof. António Canaveira do Vale, que os acompanhou. Trata-se de alunos que, no Grupo Nun’Álvares, orientados pelo prof. Canaveira, se dedicam à aprendizagem da Guitarra clássica e que tiveram a oportunidade de evidenciarem suas interessantes competências no dedilhar deste instrumento. Foram eles: Diogo Silva, Ana Lameiras, Sara Pereira, Ana Gonçalves, Margarida Pinto, Marta Silva, Diogo Guimarães e José Fonseca. Parabéns a todos os jovens que colaboraram neste concerto

A encerrar atuou o Coral Santo Condestável que teve uma apresentação muito segura e muito aplaudida pelo numeroso público que encheu a plateia do Teatro Cinema.

Refira-se, ainda, que neste concerto, pela primeira vez, foram entregues “Menções Honrosas” aos coralistas Nun’Alvaristas que há mais de 25 anos (dezassete coralistas ) e há mais de 50 anos (três coralistas) se dedicam ao Coral Santo Condestável.

Para além do numeroso público, honraram-nos com suas presenças o senhor Vereador da Cultura, os párocos de Fafe e o Padre José P. Lopes, Assistente do Grupo Nun’Álvares

Tendo em conta os “elogios” feitos no local, as opiniões que ouvimos ao longo destes dias e as comunicações lidas nas redes socias, o concerto atingiu muito bom nível e foi muito apreciado e elogiado por quem a ele teve oportunidade de assistir. Estão, por isso, de parabéns, todos os intervenientes.

Comments are closed.