Archives for 

Teatro Vitrine

OBRIGADO CÂMARA MUNICIPAL DE FAFE

Como é sabido, o Grupo Nun’Álvares tem vindo a crescer bastante em número de praticantes de atividades e consequentemente em número de associados.

No entanto, as condições das nossas instalações são praticamente as mesmas desde há 25 anos, com uns pequenos melhoramentos aqui e ali. Há algum tempo que criámos a consciência de que algumas obras estruturais deveriam ter solução e sempre nos debatemos por elas.

Em todos os Planos e Relatórios de Atividade desde 2012 que se faz alusão a esses “problemas”. Também nas palavras ditas em horas festivas, se fazia referência a essas situações.

Recorremos a dois excertos de alocuções feitas nas comemorações de dois aniversários:

No aniversário de 83 anos:

“Na vida de uma pessoa já é uma idade bonita que se respeita e faz respeitar quem a consegue. Mas 83 anos na vida de uma coletividade serão ainda mais de saudar e festejar, quando essa coletividade está em franco crescimento de atividades e a plenitude dos seus fins se demonstra em número crescente de associados, na diversidade de atividades e até em resultados demonstrados. Serão estes fatores que levam à satisfação de quem dirige, à alegria de quem pratica e ao contentamento de todos.

Para ocorrer o que atrás foi dito, é necessário ter aonde acontecer. Ter o local e os meios em boas condições aonde possamos desenvolver e satisfazer as nossas necessidades.

Estamos a falar da nossa sede. “

 

No aniversário de 85 anos:

“Falo do acabamento exterior das fachadas norte e nascente às quais já demos alguma cobertura, faltando a parte mais difícil mas que já tem algum encaminhamento para a sua resolução. Não sendo obra de fachada, no sentido de visibilidade, será uma obra a ser feita urgentemente pois não poderemos manter o interior se não dermos resistência ao exterior “

 

Também, sempre que era possível e permitido, fazíamos alusão a estas nossas preocupações, acrescentando a substituição do telhado do pavilhão, submetendo as nossas necessidades a concursos que infelizmente nunca tiveram êxito.

Até que, finalmente a sensibilidade que nós sentíamos por parte da Câmara Municipal  e do seu Presidente Dr. Raúl Cunha em ajudar-nos a resolver os problemas,  se transformou em realidade na reunião camarária de hoje, em que nos contemplou com um subsídio que permitirá colmatar uma das nossas principais necessidades.

Por isso o Grupo Nun’Álvares, agradece publicamente  ao executivo,  que tomou a decisão por unanimidade.

Com certeza que neste momento São Nuno de Santa Maria também agradece a V/ decisão.

O Grupo Nun’Álvares saberá agradecer com honestidade, trabalho e dignificação da nossa terra que é FAFE.

Voto de Congratulação para o Teatro Vitrine

Conforme se poderá verificar pelo extrato da ata da reunião camarária de 12 de abril de 2018 a Câmara Municipal de Fafe atribuiu um Voto de Congratulação ao Teatro Vitrine. O Grupo Nun’Álvares reconhece e agradece esta distinção.

 

VITRINE NO FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO “ CALE-SE”

Decorreu em Vila Nova de Gaia no Auditório Municipal de Gaia o “CALE-se” Festival Internacional de Teatro de 20 de janeiro a 24 de março, organizado pelo Cale Estúdio Teatro.
O Vitrine apresentou a candidatura com a peça “Blacklight MC” obtendo a aprovação da organização tendo feito a sua apresentação no dia 24 de fevereiro.
Ontem, 24 de março, esteve na cerimónia de encerramento aonde foram divulgados os resultados do júri que foi composto por uma atriz profissional, um gestor e produtor cultural e pelo director do festival.
Depois de um excelente trabalho teatral “Como Estamos de Amores” apresentado pelo grupo organizador (extra concurso), ficámos a saber os resultados, começando pelo “Prémio do Público”, prémio votado e decidido pelo público, em que o júri não interfere. O Vitrine ficou em segundo lugar, atrás do Teatro Amador de Pombal que concorreu com a obra “Os Lusíadas”.

All-focus

Entrámos depois na atribuição dos prémios, decididos pelo júri e os resultados referentes ao Vitrine foram os seguintes:
Melhor desenho de Luz – Nomeação com o desenho de Gilberto Magalhães
Melhor Sonoplastia – Vencedor com o trabalho de Filipe Sanches Alves
Melhor Interpretação Masculina – Vencedor por unanimidade, Rui Rodrigues
Melhor espectáculo – Nomeação do espectáculo “BlacKlight MC”
Terminou o Festival com uma ceia convívio que se prolongou pela noite dentro.
Estão de Parabéns as pessoas que compõem o Cale Estúdio Teatro pela organização deste Festival. Pessoas assim não podem deixar de fazer aquilo de que gostam, pelo que aqui expressamos a nossa gratidão dada a forma como fomos recebidos e tratados, pedindo que nos considerem vossos AMIGOS.

PRÉMIO “MARIA DA FONTE”

 

Depois de passada a euforia das nomeações e votações, do Concurso Nacional de Teatro organizado pela Federação Portuguesa de Teatro com o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e do Inatel, queremos fazer algumas reflexões e considerações sobre os factos ocorridos.

As nomeações foram uma surpresa inicial, mas com o passar do tempo e equacionando o trabalho desenvolvido por todo o grupo de teatro, achámos que houve justiça. Pena foi que estas nomeações não tivessem resultado em prémios, mas mesmo assim o sentir do grupo é de orgulho.

Conformados com o resultado final das votações, a surpresa maior, aconteceu quando anunciaram o Teatro Vitrine do Grupo Nun’Álvares como vencedor do Prémio “Maria da Fonte”. Este prémio é atribuído pelo “Júri Popular” ou seja o público assistente a todos os espetáculos, que considerou “O Mais Longo Verão“ como a melhor produção do certame.

Para o Grupo Nun’Álvares e para o Teatro Vitrine é um orgulho ter ganho este prémio.

Mas não foi só o esforço dos elementos do Teatro Vitrine que levaram a esta conquista. Há que referir que se não tivéssemos tido a apoio da Câmara Municipal de Fafe, ordinário e o extraordinário, de nos ter deixado fazer as afinações finais no Teatro Cinema e a disponibilidade dos técnicos daquela sala, nomeadamente do “Nelo”, com certeza teria sido mais difícil ganhar este prémio.

Aproveitamos a oportunidade para agradecer o Voto de Congratulação proposto pelo Sr. Vereador da Cultura Dr. Pompeu Martins na Câmara Municipal de Fafe e o Voto de Louvor lavrado em ata na Junta de Freguesia de Fafe.

TEATRO VITRINE EM MARÉ ALTA

Depois da satisfação de vermos o Teatro Vitrine selecionado para o“ CALE-SE Festival
Internacional de Teatro” com a peça “Blacklight” eis que tomamos conhecimento que desta
vez foi selecionado com a peça original, “ O Mais Longo Verão”, para competir no Concurso
Nacional de Teatro de Amadores, organizado pela Federação Portuguesa de Teatro e a C M de
Póvoa de Lanhoso.
A apresentação do “ Vitrine” será no dia 16 de fevereiro, fazendo parte do cartaz que se junta.

É com prazer e satisfação que o Grupo Nun’Álvares informa que o Teatro Vitrine foi selecionado para participar no “CALE-SE Festival Internacional de Teatro “ a realizar em Vila Nova de Gaia e que é apadrinhado por Eunice Muñoz.

O Teatro Vitrine apresentará o 6º espetáculo em 24 de fevereiro no Auditório Municipal de Vila Nova de Gaia.

O cartaz completo do festival/concurso poderá ser consultado em:

http://caleestudioteatro.blogspot.pt/