About GNA

Website:
admin has written 346 articles so far, you can find them below.

Teatro Vitrine – VIII Edição do Fórum Permanente de Teatro

O Grupo de Teatro Vitrine participou na oitava edição do Fórum Permanente de Teatro em Avis, evento da responsabilidade da Federação Portuguesa de Teatro. Realizou-se entre os dias 9 e 11 de Setembro de 2011, numa organização conjunta com o Grupo de Teatro «A Fantasia»  e o Opsis em Metamorphose, com o excelente apoio da Câmara Municipal da Avis.

O Grupo de Teatro Vitrine é um dos grupos fundadores da Federação e muito se orgulha em ver crescer de ano para ano a sua representatividade em todo o território nacional.

Consciente que é através da constante aprendizagem que se torna maior, o Grupo participou nos seguintes painéis de formação: Formação de actores (formadores – Fernando Soares, Jorge Fraga, Pedro Barão e Estrela Novais), Escrita Criativa (formador – Manuel Ramos Costa) e Adereços (formadora – Rita Torrão).

A troca de experiências em torno de um sonho comum fizeram mais uma vez alicerçar a paixão que todos os membros do Vitrine sentem pela arte teatral.

Fica o agradecimento do Grupo de Teatro Vitrine a todos os formadores que a custo zero nos deram toda a sua sabedoria, bem como à Câmara Municipal de Avis que tão bem nos recebeu.

 

O “Velho”


O “ VELHO” É O NOME MAIS CARINHOSO, DE ENTRE OUTROS, QUE PODEMOS USAR PARA UMA PESSOA QUE CONGREGAVA TODOS OS PREDICADOS E QUE FEZ DO GRUPO NUN ALVARES A SUA SEGUNDA CASA.
CONHECI-O AINDA MUITO JOVEM POR MORAR NA RUA ONDE ELE TAMBÉM MORAVA. TINHA DELE ALGUM RECEIO QUE ME ERA TRANSMITIDO PELAS SUAS IRMÃS QUE BRINCAVAM COMIGO E FALAVAM DELE COM RESPEITO.
MAIS TARDE COMECEI A CONVIVER DIÁRIAMENTE COM ELE E VIM A DESCOBRIR EM VÁRIAS ATITUDES QUE ERA UMA PESSOA ESPECIAL. NELE DESCOBRI: BOA DISPOSIÇÃO, ALEGRIA, ESPÍRITO ABERTO, RESPONSABILIDADE, HONESTIDADE, PRAGMATISMO , SENTIDO CRÍTICO , UM TRABALHADOR, UM BOM CHEFE DE FAMÍLIA E UM AMIGO. É NESTA ÚLTIMA QUALIDADE QUE ASSENTA TODA A SUA VIVÊNCIA NO NOSSO GRUPO, CAPTANDO A SIMPATIA DE TODOS OS QUE O FREQUENTAM.
AGORA FEZ UMA ASNEIRA. NÃO DEVIA TER FEITO O QUE FEZ. DEIXAR-NOS NÃO FOI A SUA MELHOR IDEIA. FOI UMA IDEIA DE “MORRINHANHA”.
MAS POR TODOS OS MOMENTOS QUE PASSÁMOS JUNTOS, PERDÔO-TE.

ATÉ UM DIA AMIGO SILVA

ORLANDO

CONVÍVIO NUN’ALVARISTA


Em 3 de Julho realizou-se, em Santo Ovídio, o Convívio Nun’Alvarista que contou com a presença de seis dezenas de participantes.
Iniciou-se este agradável dia com a celebração da Santa Missa na capela local, em que foram lembrados os associados e benfeitores do Grupo já falecidos. Foi celebrante o nosso Assistente, Padre José Peixoto Lopes, a quem agradecemos a colaboração prestada e a companhia que nos dispensou ao longo do dia.
Depois de um agradável “pic-nic”, realizaram-se algumas actividades recreativas segundo os gostos de cada um, mas onde não faltou o voleibol, a petanca, a sueca e a música levada pelos elementos do “Trauma”.
Ao fim da tarde foram servidas fêveras grelhadas a todos os presentes e saborosos crepes amavelmente preparados pela família Oliveira.
Por lá passou o Pároco de Fafe, Padre Fernando Araújo que, apesar de um dia muito ocupado, conseguiu alguns momentos para conviver um pouco com os Nun’Alvaristas.
No final havia a sensação de que valeu a pena e alguns manifestavam mesmo a opinião que esta actividade se deve manter no programa anual de actividades do Grupo Nun’Álvares.

TEATRO VITRINE APRESENTOU “BOLINGBROOK”

Em 23 de Junho, no Teatro Cinema de Fafe, o TEATRO VITRINE do Grupo Nun’Álvares apresentou “BOLINGBROOK”, uma “comédia de costumes recheada de critica social da época”.
A bonita sala de espectáculos de Fafe ficou completamente cheia de um público que vibrou e se divertiu com a actuação de “artistas” jovens que fazem do teatro o seu passatempo preferido, divertindo-se e divertindo quem assiste às suas representações.
Pela reacção do público e pelos comentários muito positivos que nos chegaram, não temos qualquer dúvida que valeu a pena.
Para além dos elementos do Teatro Vitrine que se empenharam nesta apresentação, a peça contou com a participação de um grupo de alunos da CERCIFAF dando, assim, corpo ao protocolo de colaboração existente entre as duas instituições.
Parabéns ao Teatro Vitrine pelo empenho posto nesta realização e pelo êxito conseguido. Ficámos à espera da reposição.

X TORNEIO DE FUTSAL JUVENIL FEMININO DE FAFE


Nos meses de Maio e Junho realizou-se o X Torneio de Futsal Juvenil Feminino (sub 13), organizado pelo pelouro do Desporto da Câmara Municipal de Fafe e Associação de Futsal de Fafe.
Participaram sete equipas, entre as quais uma do Grupo Nun’Álvares, orientada pela professora Manuela Trigo.
Esta equipa demonstrou muito empenho e foi uma das quatro apuradas para as meias finais, fase em que defrontou e venceu a equipa do Vinhós.
Na final, disputada em 25 de Junho com o Grupo Cultural e Desportivo de Regadas, no Pavilhão Municipal, apesar do constante domínio e superioridade técnica que demonstrou, foi batida pela equipa adversária por 2-1, averbando a única mas decisiva derrota neste torneio e obtendo um honroso segundo lugar.
As “Pequenas Alvarinhas”, como carinhosamente foram tratadas, tiveram muito bom desempenho conquistando o troféu da equipa mais concretizadora (31 golos marcados) e dividindo com a equipa de Armil a honra de equipa menos batida, com apenas 4 golos sofridos.
Ficou a ideia de que Manuela Trigo terá ali atletas que poderão, no futuro, reforçar a equipa feminina de futsal do Grupo Nun’Álvares, tal foi a categoria evidenciada.
Parabéns às atletas, técnica e dirigentes pelo excelente trabalho realizado.

FUTSAL – EQUIPA SÉNIOR MASCULINA VENCEDORA DO CAMPEONATO DE FUTSAL CONCELHIO


A equipa Sénior Masculina participou, na época 2010-2011, no Campeonato de Futsal de Fafe.
Depois de uma excelente primeira fase, composta por 19 equipas e em que apenas averbou uma derrota, a equipa do Grupo Nun’Álvares jogou a 2ª. fase, integrada na 1ª. Série, aquela de onde sairia o campeão.
Após uma interessante disputa pela liderança, especialmente com a equipa do Sol Poente, a equipa do Grupo Nun’Álvares sagrou-se justa vencedora do Campeonato de Futsal de Fafe.
O Nun’Alvarista Artur Costa foi o melhor marcador do campeonato marcando 46 golos.
Estão de parabéns os atletas, técnicos e dirigentes que ao longo da época disputaram este campeonato, honrando e dignificando o Grupo Nun’Álvares.

PASSEIO NO RIO DOURO


Organizado pelo Fundo de Turismo do Coral Santo Condestável (FTCSC) do Grupo Nun’Álvares, elementos do Coral, familiares e amigos, no total de quarenta e nove pessoas, participaram no dia 28/5/2011, num passeio turístico desde Vila Nova de Gaia até à Régua.
Foi, como se costuma dizer, “um dia bem passado” onde reinou a alegria e a boa disposição dos nun’alvaristas fafenses que acabaram por contagiar os restantes passageiros (alguns estrangeiros) que viajaram no mesmo barco.
Para além da belíssima paisagem e de outros atractivos como o ver subir o barco nas eclusas, facto que provoca uma estranha sensação, os nun’alvaristas tiveram ainda a oportunidade de oferecerem na estação dos caminhos-de-ferro da Régua um improvisado espectáculo de canto e dança (até se cantou ao desafio) que despertou a curiosidade e o interesse de tantos quantos esperavam o comboio para regressarem ao Porto.

BANDA TRAUMA


No próximo dia 3 de Junho (sexta-feira) a Banda Trauma do Grupo Nun’Álvares realizará um concerto no bar “Idade Média”, nas Caldas das Taipas.
O concerto terá início cerca das 23:00 horas.
A Banda Trauma é composta por Celina Tavares (voz), José Duarte Antunes (guitarra, voz), Pedro Teixeira (baixo), Pedro Barros (bateria) e Rui Rocha (teclado).

FESTIVAL DE TEATRO MASCARAS 2011

Conforme estava agendado o TEATRO VITRINE do GRUPO NUN`ÁLVARES apresentou-se no no passado dia 14 pelas 21 e 30 horas no Cine Teatro Brazão em Valadares – Vila Nova de Gaia, apresentando ” CAMA PARA TRÊS “, a convite do Grupo AGAIARTE. De registar a simpatia com que este Grupo nos recebeu e as boas condições que nos proporcionaram. Um Cine Teatro renovado com todas as condições para se fazerem bons espetáculos. Como curiosidade, tinha uma porta larga que dava diretamente para o palco o que facilitou a montagem e desmontagem de cenários. Com estas condições, só nos restava corresponder com um bom desempenho. Felizmente foi isso que aconteceu e a assistência presente mostrou o seu agrado no final ovacionando de pé e com ” bravos ” à mistura.
Sem pretenciosismos, achamos que deixámos uma imagem muito agradável da cultura teatral que se vive em Fafe.